Futebol feminino

12 janeiro 2021, 21h40

Nycole na final da Taça de Portugal frente ao SC Braga

RESUMO DO JOGO

A equipa feminina de futebol do Benfica perdeu a final da Taça de Portugal 2019/20 frente ao SC Braga por 1-3. O tento de Nycole acabou por ser insuficiente...

O jogo começou equilibrado no Estádio Municipal de Aveiro, com as minhotas, aos 5', através de Andreia Norton, a tentarem surpreender. Incursão da camisola 9, mas o tiro ficou prensado na defesa do Benfica e terminou nas mãos de Carolina Vilão. Da ameaça ao golo distam três minutos. Pontapé de canto de Regina Pereira, insistência das bracarenses e Hannah Keane, de primeira, com o pé canhoto, a fazer o 0-1 (8'). 

O Benfica tentou, desde logo, responder, e, aos 19', Andreia Faria teve tudo para fazer o empate após excelente trabalho de Matilde Fidalgo pela esquerda, mas o remate da média saiu por cima. Sempre com mais posse de bola, as encarnadas tentavam, em ataque organizado, encontrar espaços da defensiva do SC Braga; o adversário, por sua vez, em vantagem, optava pelas transições rápidas

Aos 33', nova boa oportunidade para o SC Braga. Rayanne desequilibrou pelo corredor direito, deixou na área e Dolores Silva, em boa posição, a atirar por cima. A dois minutos do intervalo, aos 43', Catarina Amado saiu lesionada. Ana Seiça entrou para o seu lugar e ocupou o lugar de Matilde Fidalgo na lateral esquerda, mudando esta para o corredor contrário. Ao intervalo: Benfica-SC Braga, 0-1.

Benfica-SC Braga

Na etapa complementar, o Benfica entrou a exercer uma pressão mais forte e com as linhas subidas, e o golo apareceu aos 50'. Cruzamento de Ana Seiça pela esquerda e Nycole, com um cabeceamento colocado, a fazer o 1-1. Ao golo sofrido, as minhotas responderam com duas oportunidades de golo, aos 55' e aos 58', ambas protagonizadas por Dolores Silva e negadas por Carolina Vilão. 

O SC Braga ameaçava e, aos 64', fez o 1-2, com um bom golo de Jermaine. Jogada pela esquerda, a bola chegou a Dolores Silva, a capitã endossou para a camisola 24, que rematou de pronto, de fora da área, colocado, para os festejos. A perder, a treinadora Filipa Patão mexeu na equipa, mas foram as bracarenses a chegar ao 1-3. Andreia Norton rompeu pelo corredor central, deixou em Myra Delgadillo, esta cruzou e Jermaine, de cabeça, aos 78', a bisar. 

Até final, só deu Benfica, mas o golo não chegou. Com mais iniciativa, com mais posse de bola e a obrigar o SC Braga a defender com 11 jogadoras atrás da linha da bola... Todavia, o 1-3 não se alterou e as minhotas conquistaram a Taça de Portugal, a primeira do palmarés

Benfica-SC Braga

DECLARAÇÕES

Filipa Patão (treinadora do Benfica): "Primeiro do que tudo quero parabenizar a equipa vencedora, o SC Braga. Relativamente ao jogo… os momentos em que perdemos é que nos fazem crescer. O que faltou? Faltaram algumas coisas. Errámos em momentos que não podíamos errar, mas só posso estar contente com o que a equipa do Sport Lisboa e Benfica fez, porque fomos fieis aos nossos princípios e ideias. Deram o que tinham e não tinham pelo Clube. Deixámos uma excelente imagem e queríamos dedicar a vitória – que não conseguimos – ao nosso vice-presidente [Fernando Tavares], que tem todo o mérito pela aposta e pelo trabalho que tem feito pelo futebol feminino do Benfica. O Clube merece mais e merece a vitória, e fizemos para que isso acontecesse. Jogámos para ganhar e fomos sempre à procura do golo."

Sílvia Rebelo (jogadora do Benfica): "Isto é futebol! O Benfica sabe ganhar e perder. Queríamos vencer pelos adeptos e para dedicar esta vitória ao nosso vice-presidente [Fernando Tavares], que, infelizmente, perdeu a mãe. Não conseguimos, mas o Benfica está a crescer e temos muito para ganhar."

Benfica-SC Braga

Benfica-SC Braga, 1-3

FICHA  
Local Estádio Municipal de Aveiro
Onze inicial do Benfica Carolina Vilão, Catarina Amado (Ana Seiça, 43'), Sílvia Rebelo, Carole Costa, Matilde Fidalgo (Jolina, 68'), Andreia Faria (Francisca Nazareth, 61'), Pauleta, Beatriz Cameirão, Ana Vitória, Cloé Lacasse e Nycole
Suplentes Dani Neuhaus, Ana Seiça (43'), Mariana Alberto, Christy Ucheibe, Amélia Silva, Francisca Nazareth (61') e Jolina (68')
Resultado ao intervalo 0-1 
Marcadoras do Benfica Nycole (50') 

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Cátia Luís / SL Benfica
Última atualização: 13 de janeiro de 2021

Patrocinadores Futebol Feminino


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar