Futebol

03 outubro 2021, 23h05

Rafa

Rafa analisou o 0-1 frente ao Portimonense, no Estádio da Luz, em jogo referente à 8.ª jornada da Liga Bwin. Um resultado "difícil" de encaixar, na opinião do médio atacante, dado o domínio e o poder ofensivo das águias nas quatro linhas.

"É difícil fazer uma análise ao jogo de hoje. A equipa fez de tudo para sair daqui com uma vitória. Não conseguimos, acabámos por não concretizar os lances de golo que tivemos, e tivemos bastantes, e sofremos um golo de bola parada, o que nos deu a derrota. O que importa daqui para a frente é que vamos continuar a trabalhar como temos trabalhado. Este jogo não muda nada, estamos fortes", avaliou o internacional português.

Durante a partida, segundo o Sofascore, o Benfica totalizou 24 tentativas de golo. Ainda assim, a falta de eficácia penalizou a equipa, que sofreu a primeira derrota no Campeonato Nacional. "É difícil, como disse. A equipa trabalhou bem e acabámos por não conseguir fazer os golos. Não foi falta de empenho e vontade, foi mesmo porque não conseguimos. A equipa esteve bem", atirou Rafa.

"É importante o apoio que os Benfiquistas nos estão a dar. Sabem que fizemos um jogo muito bem conseguido, acabámos por não fazer os golos, mas sabem que temos estado muito bem. É importante que eles estejam connosco, porque isso dá-nos mais força para continuar", frisou o camisola 27.

10% Desconto com o Voucher 10EURSLB na Loja Online

Texto: Rafaela Certã Alves
Fotos: Isabel Cutileiro e Tânia Paulo / SL Benfica
Última atualização: 3 de outubro de 2021

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Futebol

A paixão do dérbi!

Uma viagem histórica pela paixão sentida nos dérbis entre Benfica e Sporting, conduzida pela BTV, mostrou as emoções sentidas por alguns dos protagonistas ao longo dos anos. Toni lembrou que se trata de "um dérbi eterno", Aimar, esse, recordou a paixão de marcar um golo e em André Almeida ainda hoje perdura o célebre grito em uníssono dos adeptos, em 2015, aos 71', em que na Catedral se ouviu: "Eu amo o Benfica! Eu amo o Benfica!". Gaitán, Rui Águas, Jonas, Calado, Veloso, Paulo Futre e no feminino pelas vozes de Pauleta e Nycole, todos eles sentiram e guardam esta paixão

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar