Andebol

19 outubro 2021, 21h23

Demis Grigoras

RESUMO DO JOGO

A equipa de andebol do Benfica começou a fase de grupos da EHF European League a vencer os alemães do TBV Lemgo, na Phoenix Contact Arena, por 29-30.

Na casa do último vencedor da Taça da Alemanha, o Benfica foi bravio, entrou descomplexado na partida e a expor a sua qualidade na defesa e no ataque. Com várias alternâncias no marcador, a primeira parte mostrou os encarnados na frente, os germânicos a responder com reviravoltas e empates, sempre com o equilíbrio como nota.

O TBV Lemgo exibia eficácia na linha dos 6 metros, através de contra-ataques e tentos obtidos através dos pontas-direita e esquerda; o Benfica alternava os ataques em transições e ataque continuado, com os golos a surgiram nas linhas de 6 e de 9 metros. Ao intervalo, o resultado registava 16-14 para os da casa.

RESUMO DA 1.ª PARTE

Dos balneários para o segundo tempo veio um Benfica estonteante, com uma defesa muito agressiva e alta eficácia no ataque. Quando os comandados por Chema Rodríguez venciam por 19-22, a equipa de arbitragem deu ordem de expulsão a Petar Djordjic. As águias sentiram a decisão e deixaram o TBV Lemgo empatar (22-22).

Após o abanão, o Benfica assentou o seu jogo, manteve a muralha na defesa e a eficácia ofensiva que colocou a formação alemã em sentido. Houve emoção até ao fim no Phoenix Contact Arena, com Lazar Kukic a fazer o 29-30 final a 15 segundos do termo da partida.

O Benfica entra no grupo B com três pontos. Na sexta-feira há embate com o Boa Hora a contar para o Campeonato Nacional.

Chema Rodríguez

DECLARAÇÕES

Chema Rodríguez (treinador do Benfica): "Estamos muito contentes pela exibição, pela vitória e pela equipa. Os jogadores trabalharam muito e em equipa. Todos acrescentaram algo à equipa e foi uma grande vitória. Sabíamos que ia ser um jogo muito duro. Ainda no domingo empataram em casa com o Kiel, o que mostra a qualidade do TBV Lemgo, mas também da importância do nosso triunfo. É uma vitória muito importante."

TBV Lemgo-Benfica
29-30
Phoenix Contact Arena
Formação inicial do Benfica
Sergey Hernández, Lazar Kukic, Alexis Borges, Jonas Källman, Rogério Moraes, Demis Grigoras e Ole Rahmel
Suplentes
Gustavo Capdeville, Mahamadou Keita, Arnau García, Bélone Moreira, Paulo Moreno, Carlos Martins, Tadej Kljun, Luciano da Silva e Petar Djordjic 
Ao intervalo 16-14
Marcadores do Benfica
Demis Grigoras (7), Ole Rahmel (7), Petar Djordjic (5), Rogério Moraes (2), Arnau García (1), Jonas Källman (3), Lazar Kukic (4) e Bélone Moreira (1)

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Arquivo / SL Benfica
Última atualização: 19 de outubro de 2021

Patrocinadores Andebol


Relacionadas

Futebol

A paixão do dérbi!

Uma viagem histórica pela paixão sentida nos dérbis entre Benfica e Sporting, conduzida pela BTV, mostrou as emoções sentidas por alguns dos protagonistas ao longo dos anos. Toni lembrou que se trata de "um dérbi eterno", Aimar, esse, recordou a paixão de marcar um golo e em André Almeida ainda hoje perdura o célebre grito em uníssono dos adeptos, em 2015, aos 71', em que na Catedral se ouviu: "Eu amo o Benfica! Eu amo o Benfica!". Gaitán, Rui Águas, Jonas, Calado, Veloso, Paulo Futre e no feminino pelas vozes de Pauleta e Nycole, todos eles sentiram e guardam esta paixão

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar