parceria

18 maio 2022, 18h30

Responsáveis do Benfica e do Athletic Bilbao no Benfica Campus

REPORTAGEM BTV

Nos dias 17 e 18 de maio, o Sport Lisboa e Benfica recebeu nas suas instalações responsáveis do Athletic Bilbao, os quais tiveram a oportunidade de visitar Estádio, Museu, Pavilhões e Benfica Campus, no âmbito da parceria de cooperação firmada entre os clubes que incide nas áreas do futebol profissional, do futebol de formação e do Human Performance Department (HPD).

A estreita colaboração envolve dinâmicas como partilha de boas práticas, estágios de curta duração em ambos os clubes, investigação e desenvolvimento de temas considerados pertinentes pelas duas entidades, no intuito de entender novas formas de trabalhar.

Este encontro em Lisboa configurou o segundo momento do início da cooperação entre o Sport Lisboa e Benfica e o Athletic Bilbao, depois da reunião em Espanha nos últimos dias de março.

Rui Passo, vice-presidente do SL Benfica

Rui Passo, vice-presidente do SL Benfica, falou à televisão oficial do Clube e explicou os propósitos desta parceria.

"O objetivo, com esta partilha e troca de informação, é que possamos ser mais fortes e mais competitivos, aproveitando o facto de o Athletic Bilbao também trabalhar futebol, futebol feminino e futebol de formação. É nessas áreas que acreditamos que nos podemos desenvolver", enunciou.

"Eles têm algo que é forte e impactante, mas quando veem as condições que temos, seja no Estádio ou no Benfica Campus, ficam siderados, porque somos um exemplo e uma referência no mundo", concluiu.

João Copeto, SL Benfica

Entrando em questões mais técnicas e de pormenor, João Copeto, diretor de tecnologias de informação do SL Benfica, aludiu ao que está em causa.

"Do ponto de vista tecnológico, já há muitos anos que o Benfica trabalha nestas áreas e tem continuamente investido, quer na equipa principal, quer na formação, quer nas modalidades. O que vemos hoje em dia, em todos os clubes, é que há cada vez mais dados e cada vez mais tecnologia usada para o desporto. Acompanhar essas tendências e perceber como é que elas podem ser utilizadas para nossa vantagem é claramente um objetivo estratégico do Benfica", disse.

"Quando falamos com clubes fora de Portugal, como o Bilbao, a ideia é perceber qual é a maturidade, como é que isto é utilizado no dia a dia em concreto e perceber como é que pode ajudar as equipas a ganhar e, por outro lado, perceber quais as escolhas que estão a ser feitas e as tendências que estão a ser seguidas, e essa é claramente uma vantagem quando saímos da nossa esfera de controlo, que é o nosso Clube, e vemos o que se passa lá fora", revelou, à BTV.

Nuno Maurício

Nuno Maurício, diretor do departamento de análise e performance do Benfica, explicou as pontes que unem os clubes e como utilizá-las em proveito mútuo.

"Procuramos pontos de inovação e conhecimento científico que possam beneficiar tanto o Benfica como o Athletic Bilbao, uma situação em que as dificuldades de um possam ser solucionadas por respostas que o outro clube já tem. Temos a certeza de que acedemos a boas práticas, a um conhecimento científico adquirido pelo Athletic na Liga espanhola. O mesmo acontece com eles em relação a nós. Não é uma parceria em que vamos partilhar informações confidenciais, mas sim boas práticas, processos e metodologias que possam beneficiar ambos os clubes", apontou, e deu exemplos...

"A formação é um bom ponto para contextualizar esta parceria. Temos uma formação que é reconhecida mundialmente e eles têm um contexto muito específico em que só podem ter jogadores nascidos ou que habitem no País Basco. O Athletic consegue ter equipas competitivas, sendo um dos poucos clubes espanhóis que nunca desceram de divisão. Nós temos a 'beber' como é que eles conseguem fazer isso com uma amostra tão diminuta de jogadores, e eles têm a 'beber' como é que nós conseguimos ser uma das formações mais reconhecidas a nível mundial", ilustrou.

Andoni Bobín

Andoni Bombín, diretor técnico do futebol de formação do Athletic Bilbao, vincou e reiterou as declarações dos responsáveis encarnados, destacando a importância de trabalhar e evoluir em conjunto.

"O que nos interessa é aprender em conjunto. O que nós aqui estamos a aprender vai ajudar-nos a desenvolver assuntos que o Benfica já desenvolveu, e vice-versa. Acreditamos que a aprendizagem pode ser mútua. Estamos muito unidos no que queremos alcançar e a ideia é encontrar pontos em comum e trabalhar em projetos que ajudem as duas instituições", afirmou.

"Em todo o lado se respira futebol e formação. O Benfica é um clube top no desenvolvimento e preparação dos futebolistas. É um clube muito emotivo, nós identificamo-nos com isso. Somos um clube do povo e de muita tradição. Estamos muito unidos e muito alinhados", concluiu.

Texto: Redação
Fotos: Victoria Ribeiro / SL Benfica
Última atualização: 18 de maio de 2022

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar