Voleibol

04 outubro 2022, 21h10

Peter Wohlfahrtstätter determinado junto à rede

RESUMO DO JOGO

Liga dos Campeões
1.ª mão da ronda 2
Resultado final
Dynamo Apeldoorn 1
Benfica 3
1.º set 2.º set 3.º set 4.º set
12-25 25-20 18-25 12-25

O Benfica venceu (1-3) nesta terça-feira, 4 de outubro, nos Países Baixos, o Dynamo Apeldoorn, em jogo referente à 1.ª mão da ronda 2 da Liga dos Campeões de voleibol, dando um passo seguro e importante rumo ao apuramento para a próxima fase.

O Benfica entrou forte e determinado no ataque à rede desde os primeiros pontos, dominando sem qualquer dificuldade o adversário e conduzindo o set até à vitória no mesmo. Com uma vantagem de cinco pontos aos 6-11, as águias aumentaram para os 9-16 e só pararam nos 12-25 (0-1). Os seis blocos da defesa foram determinantes.

O equilíbrio foi a nota dominante durante grande parte do 2.º set, com a formação neerlandesa a distanciar-se ligeiramente nos 16-14. O Benfica reagiu e virou para 17-18, mas alguns erros no serviço e a falta de agressividade no bloco permitiram ao rival vencer o parcial por 25-20 (1-1).

Voleibol

No 3.º set os encarnados adiantaram-se com um 1-4, embalando para os 5-9. Com uma melhoria assinalável no serviço, os comandados de Marcel Matz dispararam no parcial, terminando com um triunfo por 18-25 (1-2).

Naquele que foi o derradeiro set do duelo, o Benfica voltou a exibir-se em grande nível, como tinha feito no primeiro, e, aproveitando igualmente a quebra dos homens da casa, impôs-se com um claro 12-25 (1-3), num jogo em que os encarnados, por exemplo, fizeram nove ases contra zero dos rivais.

O Benfica ganhou assim vantagem importante na eliminatória, que será decidida na quarta-feira, 12 de outubro, às 20h00, no Pavilhão n.º 2 da Luz. Pelo meio, no sábado, às 20h30, os encarnados deslocam-se ao terreno do Leixões, em desafio da 1.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional.

Voleibol

DECLARAÇÕES

Marcel Matz (treinador do Benfica): "Conseguimos jogar bem, demos uma boa resposta depois da derrota no fim de semana [na Supertaça]. É um grupo experiente. Desde que cheguei, acho que nunca perdemos dois jogos oficiais seguidos, mérito dos jogadores, que têm muito potencial. Foi um bom jogo, no final todos tiveram um bom desempenho. Temos de fazer o segundo jogo, mas demos o primeiro passo. Agora é tentar entrar forte em casa e vencer com o apoio dos nossos adeptos."

Voleibol

Dynamo Apeldoorn-Benfica
1-3
Omnisportcentrum
Formação inicial do Benfica
Tiago Violas, Hugo Gaspar, Pablo Natan, Peter Wohlfahrtstätter, Rapha e Thales Falcão
Suplentes
Bernardo Silva (L), Ivo Casas (L), André Lopes, Eduardo Brito, Bernardo Westermann, Aaro Nikula, Lucas França, Japa e Arthur Puron
Formação inicial do Dynamo Apeldoorn
Tijhuis ( L), Gion-Ramon Martinez, Berkhout, Boekhoudt, Brilhuis e Bak
Suplentes
Lipke (L), Niek Tijhuis, De Ruijter, Meijs, Hofman, Bosma, Van Cooten, Laane e Krook
1.º set 2.º set 3.º set 4.º set
12-25 25-20 18-25 12-25

Texto: Rui Miguel Gomes
Fotos: CEV
Última atualização: 4 de outubro de 2022

Patrocinadores Voleibol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar