16/05/2021

Prémio Carreira | José Augusto

Começou no Barreirense, transferiu-se para o Benfica em 1959 e estreou-se águia ao peito num jogo particular com os espanhóis do Oviedo. José Augusto foi um elemento fundamental na conquista das duas Taças dos Clubes Campeões Europeus, em 1960/61 e 1961/62. "Tudo o que fiz no Benfica foi uma década de ouro", recordou José Augusto. É uma referência histórica do futebol nacional e internacional, um exemplo de dedicação e Benfiquismo e, agora, foi agraciado com o galardão Prémio Carreira, que recebeu das mãos do Presidente Luís Filipe Vieira. "Significa a grandeza do nosso Benfica", explicou ao partilhar o que sentia por receber o Galardão Cosme Damião. Aos Benfiquistas deixou o apelo: "Sintam o que é o Clube." Os vencedores dos Galardões Cosme Damião foram divulgados ao longo desta semana, de 10 a 16 de maio, através da BTV.

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar