Futsal Feminino

25 novembro 2021, 10h49

Leninha

De regresso ao Pavilhão Fidelidade, a equipa feminina de futsal do Benfica quer presentar os adeptos com "um bom jogo" e "uma vitória" frente ao Santa Luzia no domingo, 28 de novembro, na 9.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional.

Na projeção do embate, Leninha (como Helena Nunes é conhecida no mundo do futsal) descreve o adversário de turno como "uma equipa aguerrida, que luta sempre até ao fim".

"O Santa Luzia vem à Luz com o intuito de deixar a sua melhor réplica, tentando, ao máximo, complicar o nosso jogo. Vamos estar ainda mais unidas e focadas para voltarmos às vitórias, porque quem joga no Benfica não pode ter outro pensamento que não a vitória", fundamentou a camisola 14 das campeãs nacionais, em declarações ao Site Oficial.

Leninha

Com sete vitórias e um empate nas oito jornadas disputadas, o Benfica apresenta outros números francamente positivos e interessantes: 48 golos marcados e apenas quatro sofridos. A dificuldade associada a cada jogo vai acentuar-se nas próximas duas semanas.

"É verdade, entramos numa fase em que vamos fazer uns seis jogos em 15 dias, a exigência vai duplicar, mas vamos com a mesma entrega e o mesmo compromisso", assumiu a futsalista. "Jogar em casa e sentir o calor dos adeptos é sempre diferente", vincou ainda ala Leninha, pensando, para já, no duelo deste domingo na Luz cujo início está aprazado para as 19h30.

Texto: Redação
Fotos: Arquivo / SL Benfica
Última atualização: 25 de novembro de 2021

Patrocinadores Futsal


Relacionadas

Futebol

A paixão do dérbi!

Uma viagem histórica pela paixão sentida nos dérbis entre Benfica e Sporting, conduzida pela BTV, mostrou as emoções sentidas por alguns dos protagonistas ao longo dos anos. Toni lembrou que se trata de "um dérbi eterno", Aimar, esse, recordou a paixão de marcar um golo e em André Almeida ainda hoje perdura o célebre grito em uníssono dos adeptos, em 2015, aos 71', em que na Catedral se ouviu: "Eu amo o Benfica! Eu amo o Benfica!". Gaitán, Rui Águas, Jonas, Calado, Veloso, Paulo Futre e no feminino pelas vozes de Pauleta e Nycole, todos eles sentiram e guardam esta paixão

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar